terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

SEMELHANÇAS ENTRE OS ALUNOS SUPERDOTADOS E ASPERGERES :


Vieira, Nara Joyce Wellausen,Simon Karolina Waechter, 2.012, Diferenças e semelhanças na dupla necessidade educacional especial: altas habilidades/superdotação x Síndrome de Asperger Rev. Educ. Espec., Santa Maria, v. 25, n. 43, p. 319-332, maio/ago. 2012 319 

  
Começaremos articulando a respeito das características semelhantes relacionadas com a cognição. Entre estas se destacam as características relativas à memória, onde ambas as necessidades educacionais especiais se destacam por apresentarem uma excelente memória. Característica esta que também foi apontado pelos autores Neihart (2000) e Widyorini (2000) como uma similaridade.

Como já foi mencionado, o vocabulário sofisticado esta presente em muitos sujeitos com Altas Habilidades/ Superdotação, principalmente naqueles identificados na área da linguística e também pode ser uma característica dos sujeitos com Síndrome de Asperger, pois muitos sujeitos apresentam um discurso com um vocabulário sofisticado. Gallagher e Gallagher (2002) também indicam esta semelhança a respeito do desenvolvimento linguístico, segundo eles o desenvolvimento linguístico pode ser médio ou acima da média.

Conforme Widyorini (2000), as pessoas com Síndrome de Asperger e Altas Habilidades/ Superdotação também podem apresentar precocidade na fala e leitura e tendem a usar linguagem sofisticada e formal. Benito (2009) também se refere ao vocabulário amplo e sofisticado como uma característica compartilhada entre estes sujeitos, mas salienta que diferentemente das Altas Habilidades/ Superdotação, os sujeitos com Síndrome de Asperger não compreendem os significados dessas palavras.

Além dessas características podemos citar semelhanças no desenvolvimento irregular destes sujeitos. Neihart (2000) também menciona como uma característica semelhante o desenvolvimento irregular, particularmente quando o desenvolvimento cognitivo é comparado ao desenvolvimento social e afetivo em uma tenra idade. Neihart (2000) também cita o interesse restrito em determinadas áreas como uma semelhança entre os sujeitos com Altas Habilidades/ Superdotação e sujeitos com a Síndrome de Asperger. Segundo esta autora, ambos possuem interesse por um tópico específico e em adquirir uma grande quantidade de informações factuais sobre o mesmo.

Sobre a semelhança do desenvolvimento extraordinário em determinadas áreas, Neihart (2000) também traz como uma similaridade entre estes sujeitos: tanto os sujeitos com Altas Habilidades/ Superdotação, como os com a Síndrome de Asperger apresentam um desenvolvimento superior em determinadas áreas de interesses destes sujeitos.

Gallagher e Gallagher (2002) também trazem a questão referente ao desenvolvimento cognitivo que pode ser médio ou acima da média em ambos os sujeitos deste estudo.

Outra característica, que já mencionamos anteriormente, que é muito significativa é a questão do quociente intelectual (QI), que em ambos os casos pode variar até muito superior. E a última semelhança relacionada à cognição refere-se a fluência e precocidade verbal, que está presente tanto nas Altas Habilidades/ Superdotação como nas Síndrome de Aspeger. Observando as semelhanças relacionadas à categoria da cognição é possível perceber que são muitos os indicadores nessa área do desenvolvimento evidenciando assim a existência da dupla necessidade especial. Como não foi possível observar nenhuma semelhanças nas outras categorias, concluímos que os indicadores que mais aproximam essas duas necessidades educacionais especiais estão relacionadas às características referentes a cognição deste sujeitos. (Vieira, Nara Joyce Wellausen,Simon Karolina Waechter, 2.012, Diferenças e semelhanças na dupla necessidade educacional especial: altas habilidades/superdotação x Síndrome de Asperger Rev. Educ. Espec., Santa Maria, v. 25, n. 43, p. 319-332, maio/ago. 2012 319 Disponível em: http://cascavel.ufsm.br/revistas/ojs-2.2.2/index.php/educacaoespecial/article/view/5266/3823 , em 02/02/2.015)


É possível apontar que existem muitas evidências que distanciam estas duas necessidades educacionais (superdotação e Asperger) especiais. Mas não desconsideramos que possa existir a dupla necessidade especial entre estas duas necessidades educacionais especiais, pois ainda existem poucos estudos que verificam teoricamente as diferenças e semelhanças destes sujeitos e menos ainda aqueles que investigam estas semelhanças e distinções nos próprios sujeitos. (Vieira, Nara Joyce Wellausen ,Simon Karolina Waechter, 2.012, Diferenças e semelhanças na dupla necessidade educacional especial: altas habilidades/superdotação x Síndrome de Asperger Rev. Educ. Espec., Santa Maria, v. 25, n. 43, p. 319-332, maio/ago. 2012 319 Disponível em: http://cascavel.ufsm.br/revistas/ojs-2.2.2/index.php/educacaoespecial/article/view/5266/3823 , em 02/02/2.015)





Nenhum comentário:

Postar um comentário