segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

GAROTO DE 14 ANOS ALCANÇA MÉDIA NO ENEM PARA CURSAR MEDICINA


Eugenio Barreto/Seed:

Aluno de Sergipe da 1ª série do ensino médio, José Victor Menezes Teles alcançou uma média final de 750,98 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio; comparada com a nota de corte do Exame em 2014, a média é suficiente para pleitear uma vaga no curso de medicina da Universidade Federal de Sergipe; "Estou muito feliz com essa pontuação, que foi o resultado de muito estudo e dedicação. Sempre gostei de ler, de estudar, com o propósito de um dia me tornar um médico", disse ele

20 DE JANEIRO DE 2015 ÀS 10:30

ASN - Cursando a 1ª série do ensino médio, no Colégio Estadual Murilo Braga, de Itabaiana, o estudante José Victor Menezes Teles, de apenas 14 anos, alcançou uma média final de 750,98 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Comparada com a nota de corte do Exame em 2014, a média de José Victor é suficiente para pleitear uma vaga no curso de medicina da Universidade Federal de Sergipe. Só na prova de redação o aluno fez 960 pontos. Ontem, o estudante foi recebido pelo secretário de Estado da Educação, professor Jorge Carvalho.

O mérito de José Victor é uma prova que com dedicação do estudante e o compromisso dos professores é possível conquistar vitórias, na opinião do secretário. "É com imensa satisfação que divulgamos resultados como o deste jovem que sempre estudou em escola pública, no interior do estado e provou sua capacidade de competir de igual para igual com alunos da rede particular. É uma demonstração que a escola pública está cumprindo função de oferecer à sociedade um ensino de boa qualidade que reparar o estudante para um futuro promissor", declarou o secretário.

O estudante José Victor afirmou que sempre foi dedicado aos estudos e desde muito cedo tinha como meta ingressar no curso de medicina. "Estou muito feliz com essa pontuação, que foi o resultado de muito estudo e dedicação. Sempre gostei de ler, de estudar, com o propósito de um dia me tornar um médico. Meus pais, que são professores da rede pública de ensino, sempre me estimularam e acreditaram no meu potencial e no potencial da escola pública. Sou aluno do Colégio Estadual Murilo Braga e posso afirmar que na minha escola tem excelentes profissionais que com muita dedicação e competência contribuíram para eu alcançar essa excelente pontuação nas provas do Enem", relatou o aluno.

Filho exemplar

Muito feliz também com o resultado estava o professor José Mendonça, mais conhecido como professor Tostão, que é pai de José Victor. "Estou muito orgulhoso do Victor, que é um filho exemplar! Sempre demonstrou interesse pelos estudos e sempre teve como foco se tornar médico um dia. Realmente é gratificante perceber que ele está a alguns passos de realizar esse sonho e isso é motivo de muita alegria e satisfação para mim, toda minha família e também  para os professores do Murilo Braga, que provaram a eficiência do ensino público em nosso estado", frisou o professor Tostão.

Agora a pergunta que não quer calar : 

O mérito é da escola, ou do aluno que é superdotado (fator genético) e muito dedicado (envolvimento com a tarefa) e tem pais professores (estímulo do ambiente) ?

Parabéns para o José Victor pela dedicação e talento 



Nenhum comentário:

Postar um comentário