quarta-feira, 2 de julho de 2014

A Câmara Legislativa aprovou lei que prevê ensino especial e inclusivo para alunos superdotados na rede pública do DF

A Câmara Legislativa aprovou, ontem, o projeto de lei do deputado Patrício, que prevê ensino especial e inclusivo para alunos superdotados na rede pública do DF.


O Projeto de Lei (PL) nº 1.418/2013 garante atendimento especializado a alunos com altas habilidades nas escolas públicas do DF a partir da educação infantil até a formação acadêmica.

Uma demanda da Associação de Pais, Professores e Amigos dos Alunos com Altas Habilitades/Superdotação (APAHS-DF) gerou a proposta de lei apresentada pelo deputado Patrício em abril desse ano. “O conteúdo do projeto é inédito no Brasil por conta das garantias que ele dá e pelo atendimento aos direitos dessas crianças”, ressalta a presidente da associação, Valquíria Theodoro.

“A aprovação do projeto garante melhor atendimento a esses estudantes e melhores condições de trabalho para auxiliar o esforço sobre-humano de professores e profissionais da Secretaria de Educação. A lei vai proporcionar mais incentivos para dar um ensino de qualidade, com o investimento necessário do governo e a capacitação da rede para tornar esse projeto novamente modelo no País", explica o deputado Patrício. A proposta prevê a capacitação e a especialização de profissionais (professores e psicólogos) para o atendimento dos alunos superdotados, a fim de resgatar um atendimento no qual o DF foi pioneiro, com projetos iniciados na década de 70 na capital, nas escolas parque da 303/304 norte e 313/314 Sul.

Realmente, a lei, que é dirigida para alunos com altas habilidades/superdotação da rede pública, é muito boa e tem muita novidade em termos de identificação e atendimento dos alunos com altas habilidades. Esperamos que esta iniciativa se estenda também para os demais estados brasileiros !


Nenhum comentário:

Postar um comentário