terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Identifique a superdotação



  
Extraído do site : http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI326939-18550,00.html


Assinale os comportamentos que você identifica facilmente em seu filho. Para ser considerado superdotado, não é preciso marcar todas as características. Se a criança apresentar consistentemente muitos desses tópicos, a chance de ele ser considerado superdotado é alta:


Crescer

  Shutterstock

_ Aprende fácil e rapidamente

_ Original, imaginativo, criativo, não-convencional

_ Amplamente informado; informado em áreas não comuns

_ Pensa de forma incomum para resolver problemas

_ Persistente, independente, auto-direcionado (faz coisa sem que seja mandado)

_ Persuasivo, capaz de influenciar os outros

_ Mostra senso comum; pode não tolerar tolices

_ Inquisitivo, cético, curioso sobre o como e porque das coisas

_ Adapta-se a uma variedade de situações e novos ambientes

_ Esperto ao fazer coisas com materiais comuns

_ Habilidades nas artes (música, dança, desenho etc.)

_ Entende a importância da natureza (tempo, lua, sol, estrelas, solo, etc.)

_ Vocabulário excepcional, verbalmente fluente

_ Aprende facilmente novas línguas

_ Trabalhador independente, mostra iniciativa

_ Bom julgamento, lógico

_ Flexível, aberto

_ Versátil, muitos interesses, interesses além da idade cronológica

_ Mostra insights e percepções incomuns

_ Demonstra alto nível de sensibilidade, empatia com relação aos outros

_ Apresenta excelente senso de humor

_ Resiste à rotina e repetição

_ Expressa idéias e reações, freqüentemente de forma argumentativa

_ Sensível à verdade e à honra

Fonte: “The gifted kid’s survival guide: A teen handbook”, Judy Galbraith e Jim Delisle, 1996


Caso haja dúvida e queiram fazer avaliação em seus filhos, ou caso já se tenham constatado a superdotação e queiram obter orientação jurídic a este respeito, entrem em contato comigo (claudiahakim@uol.com.br), para  obterem orientações a este respeito, inclusive sobre locais de avaliação.

Um comentário:

  1. Olá Cláudia, já deixei um recado no face e gostaria de orientação sobre onde realizar o teste, moro na baixada santista (Guarujá). Abraços, Karin.

    ResponderExcluir