sábado, 15 de novembro de 2014

Programas de ‘High school’ atrai jovens estudantes do ensino médio em Niterói


Lorena passou seis meses na Nova Zelândia. 
 
NITERÓI - Viajar e trazer de volta a bagagem intangível de conhecer outros países também pode ser transformada em complemento durante o período escolar. É o que propõe os programas de high school, que visam à vivência dos estudantes do ensino médio em outras culturas. Exemplo disso são as viagens de intercâmbio internacional oferecidas pelas agências BEX Niterói e STB, e o programa de estudo diferenciado do Instituto GayLussac.

Lorena Araújo, de 18 anos, optou por realizar a viagem de intercâmbio cultural pela BEX .

— Fui para a Nova Zelândia em janeiro deste ano para passar três meses, mas me apaixonei tanto que fiquei seis. Conheci gente de diversas partes do mundo e tive aulas de inglês, culinária e geografia, entre outras. Vontade de ficar mais tempo não me faltou.

Diferentemente das agências que oferecem as viagens, o GayLussac tem como proposta a vivência da cultura americana durante o dia a dia escolar, para alunos do 9º do ensino fundamental ao 2º ano do ensino médio. Em parceria com a Texas Tech University, nos Estados Unidos, duas vezes por semana os alunos têm aulas de economia e história americana, entre outras, em inglês com professores nativos. Além de uma viagem opcional aos Estados Unidos durante as férias no período de high school.

— Hoje eu me sinto bem mais preparado para estudar numa universidade americana. Na viagem fiquei empolgado com o suporte que oferecem — diz Felipe Massa, aluno do 3º ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário