terça-feira, 8 de julho de 2014

E já que estamos em clima de Copa.. vamos falar sobre um jogador, cuja descrição em reportagens, tem me chamado a atenção : David Luiz... superdotado ???

Fonte : http://globoesporte.globo.com/futebol/selecao-brasileira/noticia/2013/05/brasilidades-david-luiz-rei-das-pipas-em-diadema-quer-ceu-de-londres.html


Tenho lido em alguns sites de notícias, algumas descrições do nosso craque da seleção brasileira, David Luiz, que me chamaram a atenção para o foco do nosso tema : Superdotação

O jogador descreve que tinha facilidade em aprender, comportamento hiperativo (fazia muitos esportes)

header_DAVID-LUIZ (Foto: Infoesporte)


31/05/2013 07h00 - Atualizado em 14/06/2013 19h10
Brasilidades: David Luiz, rei das pipas em Diadema, busca o céu de Londres

Zagueiro do Chelsea conta da paixão pela brincadeira quando era criança e revela como driblava os pais para empinar nas ruas do bairro
  
Da janela do segundo andar de um prédio em Diadema, na região metropolitana de São Paulo, o garoto olha atentamente para ver se não há ninguém observando. Certo de que o caminho está livre, ele, ousado, se pendura no cano da calha e desce cuidadosamente até o térreo. Feliz com o sucesso na aventura, o menino corre para empinar pipa com os amigos. Talvez com a mesma velocidade em que deixou os campos do Brasil para brilhar na Europa e na seleção brasileira.

Hoje uma das principais estrelas brasileiras no futebol europeu, David Luiz teve uma infância hiperativa, palavra usada por ele mesmo para descrevê-la. Judô, capoeira, futebol... Seus pais incentivavam o máximo de atividades possíveis. Tudo para que o filho crescesse em um ambiente positivo, sem caminhos errados. Deu certo. Mas as fugas do zagueiro para empinar pipa nem sempre tinham sucesso. Depois de um tempo, todos perceberam a sua tática.

- Minha mãe não sabia, mas depois ela descobriu. Como o cano era pintado com cal, eu ficava com a roupa toda branca. Enganei um dia, dois, mas depois o zelador do prédio viu e contou. Eu amava soltar pipa. Era isso e jogar bola. Mas meu pai achava perigoso eu ficar na avenida. Tinha vezes que ele me mandava cortar a linha da pipa – contou o zagueiro do Chelsea.

A confecção das pipas de David Luiz era feita por ele mesmo, com a ajuda do pai, Ladislau, que era quem financiava o material. A produção era tão intensa que o zagueiro era colecionador. Chegou a ter 29 pipas em seu acervo. Algumas delas eram as que ele conquistava na brincadeira, cortando os amigos. Outras ele via caindo e corria atrás para resgatar e colocar em sua coleção.

Na Europa desde 2007, o jogador deixou de lado sua paixão pelas pipas. Em Portugal, quando jogou no Benfica, ainda empinou uma ou outra. Mas em Londres, sua atual cidade, ainda não se arriscou. Da enorme varanda de seu apartamento, ele tem planos para o dia em que vai arriscar soltar uma no céu britânico.

- Em Portugal, eu ainda empinei as minhas pipas. Mas em Londres ainda não tentei, vamos ver se consigo em breve. Quero tentar – falou o zagueiro.

Rooney e David Luiz Brasil x Inglaterra (Foto: Reuters)

 David Luiz encara Rooney contra a Inglaterra, na estreia de Felipão pela Seleção (Foto: Reuters)

Seu Ladislau e Dona Regina Célia, professores, sempre incentivaram David Luiz em seus sonhos. Não à toa, ele tem gratidão eterna a eles. Principalmente pela ajuda na sua formação pessoal, nos estudos.

- Eu amo matemática. Penso até em cursar administração de empresas mais para frente, por conta dos meus projetos para o futuro – acrescentou.

A dedicação de David Luiz aos estudos era, realmente, exemplar. Mas tinha um motivo principal: jogar bola. O zagueiro do Chelsea se esforçava para terminar logo as lições, e até estudar as páginas que viriam a seguir nas aulas. Tudo para ficar livre o quanto antes para se divertir com os amigos.

- Gostava de aprender adiantado – finalizou.

Alguma suspeita ??? rs


Mosaico Brasilidades David Luiz (Foto: Editoria de Arte)

Nenhum comentário:

Postar um comentário