domingo, 18 de agosto de 2013

O significado da escala completa do quociente de inteligência (QI)


 O significado da escala completa do quociente de inteligência (QI)


Escrito por Lena Freund | Traduzido por Carlos Augusto Santana Filho


Há muitos fatores envolvidos na determinação do quociente de inteligência ou QI. Há testes que podem julgar a capacidade do aluno de processar informações, interpretar palavras e frases ou se concentrar sem distrações. Todos esses elementos, em conjunto, compreendem a escala completa do QI.

Teste de QI WISC-IV



Em dezembro de 2010, o teste de QI aplicado a alunos com idades entre 6 e 16 anos foi chamado de teste WISC-IV. Há 10 segmentos nesse teste, os quais oferecem pontuação geral em quatro áreas: compreensão verbal, raciocínio perceptivo, velocidade de processamento e memória de trabalho. Essas avaliações, juntas, fornecem o QI em grande escala. A pontuação máxima que pode ser alcançada é de 160 pontos.


Componentes da escala completa do QI



A escala completa do QI julga múltiplas habilidades intelectuais. Os testes julgam a capacidade do aluno de raciocinar abstratamente, tanto com instruções verbais quanto visuais. Essas instruções avaliam as memórias auditivas e visuais dos alunos, combinadas com o tempo que eles demoram para chegar a uma resposta.


Problemas com a pontuação de QI



Na maioria dos testes do tipo WISC-IV, a pontuação para a compreensão verbal e o raciocínio perceptivo é muitas vezes superior àquela da velocidade de processamento e memória de trabalho. Profissionais do Centro de Desenvolvimento de Superdotados de Denver acreditam que a pontuação de muitos estudantes decresce quando o tempo do teste é muito prolongado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário