segunda-feira, 8 de agosto de 2016

ALUNA COM TDAH EM CURSO E FACULDADE DE MEDICINA CONSEGUE REVERTER DECISÃO QUE A RETEVE DE SEMESTRE, ATRAVÉS DE RECURSO JUDICIAL DE MINHA AUTORIA



 Resultado de imagem para comemoração

Nesta semana, o Direito Educacional teve duas vitórias importantes para mim. Vou contar hoje a primeira delas, e amanhã, contarei para vocês, sobre a segunda :

A primeira e feliz notífica que teve, nesta semana, foi a resposta de um RECURSO CONTRA DECISÃO QUE CONSIDEROU RETIDA DE SEMESTRE UMA CLIENTE MINHA, ALUNA DO CURSO DE MEDICINA, PORTADORA DE TDAH.

A aluna, sempre muito esforçada, vinha cursando o Quinto Semestre da Faculdade de Medicina na Universidade São Camilo e tem TDAH na forma de apresentação de Déficit de Atenção. A aluna já tinha comunicado, no início deste semestre, a Universidade sobre sua condição diferenciada e apresentou o laudo que indicava sua condição. Porém, a Universidade não providenciou nenhuma adaptação curricular para ela.

Por uma infelicidade muito grande e um deslize de erro de atenção nítido e claro, a aluna repetiu o semestre por questão de décimos! A menina é estudiosa e esforçada.

Não sei se vocês sabem, mas quem porta um Transtorno, do tipo do TDAH, tem mais propensão a desenvolver outro transtorno, o que chamamos de comorbidade. Com esta minha cliente, infelizmente, não foi diferente, e ela desenvolveu como comorbidade Transtorno de Humor, Depressão e Ansiedade. Ela é medicada. Precisaria, no mínimo, de mais tempo para ela realizar as provas e um olhar diferenciado nas avaliação e atividades dela. Claro que com a notícia da reprovação dela, que ela sabe e viu que foi decorrente de um erro de desatenção (a prova era muito longa, mais de 5 horas e ela estava exausta, apesar de medicada) e o mais importante : é que o erro não foi por desconhecimento do assunto, e sim por desatenção.

Da decisão que a considerou retida de semestre, eu interpus um recurso em forma de notificação, com base no regimento interno da faculdade e na Legislação Educacional, que tenho a este respeito e ... O RECURSO FOI DEFERIDO e a ALUNA PROMOVIDA DE SEMESTRE J  !!!

Muito bom saber que, aos poucos, vamos fazendo a diferença no Direito Educacional !

Um comentário:

  1. Parabéns pela vitoria alcançada. Estou com suspeita de ser portador dessa síndrome TDAH; estou cursando o 6º semestre do curso de direito;além de aulas presenciais faço algumas adaptações de disciplina. Quando estiver com o Laudo em mãos , apresentarei para minha coordenação de curso , para pedir um tratamento diferenciado.

    ResponderExcluir