quarta-feira, 1 de julho de 2015

O tema do PROGRAMA COMO SERÁ É : SUPERDOTADOS !

Extraído do site : http://redeglobo.globo.com/como-sera/noticia/2015/06/como-sera-desvenda-mitos-e-duvidas-sobre-os-superdotados.html
Muitas vezes encarado como um problema pelos pais, ter em casa uma criança ou jovem superdotado é mais comum do que se imagina em todo o mundo.  Identificar a superdotação é importante e pode evitar sofrimentos na escola. O Como Será? deste sábado, dia 13, traz o tema à discussão e o desmitifica. Helena Lara Resende visita o Instituto Rogério Steinberg, uma instituição sem fins lucrativos que promove atividades educacionais complementares para alunos superdotados da rede pública. A repórter conversa com jovens de diferentes idades e graus de superdotação para saber como é o dia a dia deles no Instituto.
A reportagem mostra, ainda, o Programa de Altos Estudos da Universidade Federal Fluminense (UFF), que promove a aceleração acadêmica de alunos com altas habilidades. Eles são identificados a partir dos resultados no vestibular da instituição, da indicação de professores e de um teste de habilidades. No estúdio, Sandra Annenberg recebe a psicóloga Cristina Delou para tirar as principais dúvidas sobre o tema. A especialista responde questões como: quais são as características de uma criança superdotada? Ela deve frequentar uma escola especial? A superdotação pode gerar problemas de relacionamento?
Ainda no estúdio, Sandra conversa com Marcos Azzi, fundador do Instituto Azzi, que ajuda potenciais doadores a encontrar uma instituição ou ONG com seu perfil. Em reportagem de Mariana Salerno, o público entende como acontece esse cruzamento de informações e como a doação vira investimento em causas sociais. Ela também conversa com a arquiteta Bel Lobo, que se tornou doadora após conhecer o Instituto.  
No segundo episódio do quadro Expedições Urbanas, Renato Cunha viaja até Curitiba para apresentar o Moradias Nilo, um dos primeiros conjuntos habitacionais de baixa renda que usa materiais recicláveis – as paredes são feitas de madeira de reflorestamento e garrafas PET – e possui um sistema de aquecimento através da luz solar.
A preocupação com a sustentabilidade uniu dois alunos de uma escola do Ceará no Aluno Nota 11 deste sábado. O público é apresentado aos dois e fica sabendo como eles desenvolveram um filtro a partir do carvão e do coco verde para levar água de qualidade para a população de baixa renda da cidade.
No Hoje é dia de..., o apresentador Alexandre Henderson entra na dança! Ele aprende alguns passos de salsa, conhece uma escola de dança inclusiva para cadeirantes, promove duelo entre um grupo de break e outro de pop coreano e, por fim, pega carona no antigo conversível de Dona Magdalena, moradora de São Paulo e veterana nos bailes da terceira idade, para acompanhá-la em uma saída.
E ainda: reportagem mostra uma cooperativa de catadores de Cruz Alta (RS) que vem conseguindo ganhar dinheiro a partir da criação e comercialização de vassouras feitas de garrafas PET. E em Recife, pesquisadores da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) estudam o caranguejo amarelo, ameaçado de extinção. É a primeira vez que estudiosos tentam entender a conexão genética entre as espécies que habitam pequenas ilhas do litoral brasileiro.
Sandra Annenberg apresenta o programa Como Será? (Foto: Globo/Zé Paulo Cardeal)Sandra Annenberg - Como Será (Foto: Globo/Zé Paulo Cardeal)
Para assistir ao programa , clique neste link, aqui : 

http://globotv.globo.com/rede-globo/como-sera/t/edicoes/v/o-tema-e-superdotados/4248999/

Nenhum comentário:

Postar um comentário