quarta-feira, 21 de setembro de 2011

PRÁTICAS PEDAGÓGICAS PARA A IDENTIFICAÇÃO E O DESENVOLVIMENTO DE ALUNOS COM ALTO POTENCIAL DE APRENDIZAGEM


http://www.se.df.gov.br/sites/400/402/00002573.pdf



Angela Virgolim

Universidade de Brasília

PhD University of Connecticut


Estímulo do talento “ O fato de que uma boa educação para todos não significa uma educação idêntica para todos tem levado a um interesse crescente pelos alunos mais competentes e capazes, a par de ma consciência de que um sistema educacional voltado apenas para o estudante médio e abaixo da média pode significar o não reconhecimento e estímulo do talento e, conseqüentemente, o seu não aproveitamento” (Alencar, 1986)



Genialidade ao piano :



Mark Yu toca piano desde 2 anos e meio de idade e violoncelo desde os 4.

Mark não freqüenta a escola regular, sendo ensinado em casa por sua mãe (homeschooling).

Na matemática, Mark tem o raciocínio de um adolescente de 14 anos de idade.


Prodígio na arte :



Treina de 6 a 8 horas por dia, o que faz com imenso prazer. Marla, aos 4 anos de idade, foi comparada a Kandinsky e Pollock

 Marla Olmstead começou a pintar pouco antes dos 2 anos de idade, com o incentivo de seu pai.

 Usando pincéis, espátulas, seus próprios dedos e até tubos de ketchup, a menina cria telas de 2 metros, que já lhe renderam US$ 40 mil


Precoce e Prodígio: 30 de abril de 2003



Gregory Smith

Revista Veja - Edição 1 800

 14 meses: resolvia problemas simples de matemática

 1 ano e 2 meses: resolvia problemas de álgebra, memorizava e recitava

livros.

 2 anos: lia e corrigia a gramática de adultos

 5 anos: no jardim-de-infância, lia Júlio Verne e tentava ensinar os princípios da botânica aos coleguinhas.

 10 anos: entrou para a faculdade de matemática e fundou a International Youth Advocates (Ativistas Internacionais para a Juventude), uma organização que promove a paz e a compreensão entre os jovens de todas as partes do mundo.

Aos 14 anos: graduado com Honra no Randolph-Macon College - USA, como Bacharel em Ciências Matemáticas. Cursa doutorado em Ciências Matemáticas, na Universidade Virgínia – USA e planeja outros.

 Foi indicado para o Prêmio Nobel da Paz em 2002, 2003, 2004, aos 12,13 e 14 anos.

 Realiza projetos em diferentes continentes e países, com a colaboração de líderes políticos, religiosos, empresários e instituições: Bill Clinton, Mikhail Gorbachev, Betty Williams, Arcebispo da África Desmond Tutu, entre outros.

 Pretende se tornar presidente dos EUA

 Os superdotados são vistos como os que têm mais do que os outros, portanto não necessitam de mais recursos ;


 Falta de conhecimento mais aprofundado da sociedade sobre o tema;


 Falta de estímulo para o desenvolvimento do potencial .

(Alencar & Fleith, 2001)



Os superdotados


 Serão os líderes e profissionais talentosos e criativos de amanhã ;


 São fundamentais para o futuro do país ;

 Necessitam de estímulo para cultivar a excelência ;


 De desafios para desenvolver seu talento com qualidade e competência ;


 De condições favoráveis no ambiente em que vivem.


 Necessitam desenvolver todo seu potencial para se sentirem auto-realizados ;



Superdotação


 Para se trabalhar no campo da educação do superdotado e talentoso



Precisamos :


desenvolver uma concepção coerente de superdotação ;



 uma melhor compreensão das necessidades sociais e emocionais destes alunos. (Alencar & Fleith, 2001)



PONTO CRÍTICO


Professores são os que geralmente indicam alunos para participação em programas de superdotação ;


Percepções estereotipadas sobre alunos superdotados e talentosos ;


Falta de acesso às concepções atuais de superdotação ;

Falta de informações teóricas e práticas atualizadas para a identificação e atendimento deste grupo ;


Precariedade de currículos e programas (Alencar & Fleith, 2001).



Recomendações :

 Ampliação de serviços específicos, para se conhecer melhor as característicasdeste grupo em nosso país ;


 Atender, no contexto escolar e familiar, suas necessidades afetivas e cognitivas especiais ;


 Fazer mais pesquisas na área e publicar mais ;


 Influenciar o desenvolvimento de políticas públicas que favoreçam o reconhecimento, o estímulo e o aproveitamento de nossos potenciais humanos.


Alencar, Blumen-Pardo, & Castellanos-Simons (2000)Núcleos de Atividade).


Grande parte dos problemas encontrados na área pode também ser proveniente de inúmeros MITOS a respeito da superdotação, que são agravados pela desinformação que, em geral, a nossa sociedade tem a respeito deste tópico.


MITO :


SUPERDOTAÇÃO COMO SINÔNIMO DE GENIALIDADE


TERMINOLOGIA :


 O termo “super” nos leva a situar a superdotação como capacidades que se situam em um nível além do apresentado por um ser humano comum ;


 O termo “DOTADO” também sugere algo dado por Deus, inato, não considerando, portanto, os efeitos do ambiente na superdotação ;



Preferência INTERNACIONAL pelo uso dos termos “altas habilidades”, talentoso ou com alto potencial.

Precoce


 São crianças que apresentam alguma habilidade específica prematuramente desenvolvida em qualquer área do conhecimento, como na música, na matemática, nas artes, na linguagem, nos esportes ou na leitura.


 Não se deve rotular a criança precoce como superdotada, prodígio ou gênio, sem antes acompanhar seu desenvolvimento.

 Mesmo a superdotação precoce, em seu grau extremo, não é garantia de sucesso futuro, ou de que esta pessoa se tornará um adulto eminente.

Léo Romano


Aos 2 anos já conhecia as letras do alfabeto e lia palavras simples; sabia identificar bandeiras de centenas de países e fatos da história.


Terminologias:


Prodígio


Refere- se àquelas crianças que, em uma idade precoce (até 10 anos) demonstram um desempenho ao nível de um profissional adulto em algum campo cognitivo específico. É um fenômeno raro na População.


Exemplos :


Mozart (música)


Josh Waitzkin (xadrez)


Marla Olmstead (pintura)


Gregory Smith (acadêmico) e outros


Gênio


O gênio seria aquele que, além de deixar sua marca pessoal no seu campo de atuação, leva as pessoas a pensarem de forma criativa e diferente.


 Implica na transformação de um campo de conhecimento com conseqüências fundamentais e irreversíveis.


Exemplos :


Einstein, Freud, Leonardo da Vinci, Heitor Villa-Lobos, Stephen Hawkins.



Superdotação


 As habilidades apresentadas por todas as pessoas aqui citadas, sejam elas precoces, prodígios ou gênios, e outros com habilidades e potenciais menos aparentes, podem ser enquadradas em um termo mais amplo, que é altas habilidades/ superdotação.



Definição brasileira

 São consideradas crianças com altas habilidades as que apresentam notável desempenho e/ou elevada potencialidade em qualquer dos seguintes aspectos, isolados ou combinados :


Capacidade intelectual superior


Aptidão acadêmica específica


Pensamento criador ou produtivo


Capacidade de liderança


Talento especial para artes visuais, dramáticas e música


Capacidade psicomotora


Definição brasileira atual


Os educandos com altas habilidades/superdotação são aqueles que apresentam grande facilidade de aprendizagem que os leve a dominar rapidamente conceitos, procedimentos e atitudes (Brasil, 2001).


Essa definição ressalta duas características marcantes da superdotação, que são a rapidez de aprendizagem e a facilidade com que estes indivíduos se engajam em sua área de interesse.

Definição popular



O superdotado é aquele indivíduo que, quando comparado à população geral, apresenta uma habilidade significativamente superior em alguma área do conhecimento.

Alencar (2001)


Feldhusen (1985)

3 comentários:

  1. Na Música, existem vários talentos que EXPLODIRAM NAS PARADAS DE SUCESSO LOGO NO PRIMEIRO DISCO (OU CD): MICAEL JACKSON, MADONNA, LADY GAGA, GLORIA ESTEFAN, LUAN SANTANA, IVETE SANGALO, ETC....

    ResponderExcluir
  2. Paulo - souzabom@yahoo.com.br21 de setembro de 2011 16:15

    Olá, tudo bem?
    Tenho uma filha de 1 ano e 1 mês e as vezes ela me assusta com algumas coisas que faz. Ela tem um censo de espaço que me impressiona e uma memória muito boa.
    Desde novinha ela nunca foi uma criança quieta e comparando com os filhos de alguns amigos, ela era muito desenvolvida.
    As vezes fico me perguntando se é meu ego inflado de pai ou se ela tem algo diferente.
    Acho muito cedo para fazer qualquer tipo de avaliação, mas farei uma leitura de posts passsados no seu blog para relacionar com seu crescimento.
    Obrigado por compartilhar.

    ResponderExcluir
  3. Sim, Paulo. Mas, o legal é que você já tomou a medida mais certa que é se informar sobre a superdotação. Se quiser, venha participar do nosso grupo do facebook, que leva o mesmo nome que o meu blog. Me chama no facebook que eu te adiciono. Ali, fazemos muitas trocas de informações entre os pais. Enquanto a sua filha não pode ser avaliada... Depois, me diga de onde você é, para eu te indicar um especialista que possa avaliá-la, no momento oportuno.

    ResponderExcluir